Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês

-março 14, 2018-

Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês

Desta vez vamos falar-vos de Castro Laboreiro, uma vila localizada no concelho de Melgaço, com cerca de 540 habitantes e 89.29km2, que faz parte do belo Parque Nacional Peneda-Gerês.

Em Castro Laboreiro conhecemos a parte da Serra da Peneda, do Parque Nacional Peneda- Gerês. Para quem não sabe, este é composto pela serra dos Gerês, parte mais conhecida, e pela Serra da Peneda.   

Esta vila é encantadora, pessoas bastante simpáticas e acolhedoras, paisagens de tirar o folgo. Sem dúvida um local que aconselhamos para quem gosta da natureza, principalmente quando se quer descansar um pouco das grandes cidades, torna-se num belo refúgio.




Quando decidimos ir até este magnifico local, não fazíamos ideia do que íamos encontrar. Sim obviamente que tínhamos uma pequena noção, por este fazer parte do PNPG. Mas não andamos a pesquisar sobre a vila em si, decidimos ir um pouco às escuras e à descoberta, sem ideias preconcebidas.

Na realidade esta ida a Castro Laboreiro aconteceu porque a Li tinha um “voucher” de duas noites, num alojamento local, Miradouro do Castelo, (em breve teremos um artigo sobre este AL), que incluía uma atividade de canyoning.

É difícil não nos rendermos aos encantos desta vila, as suas paisagens, gastronomia, pessoas, natureza, os animais como: vacas e cavalos, andam soltos nos pastos verdes, por vezes até no meio da estrada. 

O Castelo de Castro Laboreiro….
 Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês

Quando ouvimos falar do castelo pensamos que era um castelo completo como o castelo dos Mouros em Sintra, mas não, este possui apenas as ruinas de vários séculos de história.

Não deixa de ser um local que devem visitar, quanto mais não seja pela maravilhosa paisagem que podem ter do topo do castelo, ainda por cima sem qualquer custo.


No caminho para o castelo, também podem ver uma rocha gigante com formato de tartaruga. Além desta rocha em formato de tartaruga, em castro laboreiro também podem ver outra rocha em formato de cão. Esta última vimos quando fizemos canyoning. Estas rochas antigamente serviam como pontos de referência para os antigos caminhantes se orientarem por entre os montes e vales do atual PNPG.

História do Castelo de Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
História do Castelo de Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
 Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês Photo by: Ellementar
 Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês by: Ellementar


 Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês Photo by: Ellementar
 Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês
Castelo Castro Laboreiro - Parque Nacional Peneda-Gerês Photo by: Ellementar

Em Castro Laboreiro também vão poder ver fornos comunitários, cascatas, moinhos comunitários, pontes românicas, espigueiros, ponte celta, entre tantos outros registos históricos que por ali ficaram ao longo dos anos.


Canyoning em Castro Laboreiro…

De uma forma sucinta, canyoning consiste na exploração de um rio, com vários obstáculos, que vão aumentado de dificuldade gradualmente. Composto por várias atividades desde a caminhada, rapel, escalada, saltos para água, “escorregas”, etc     

Fazer esta atividade permitiu-nos também conhecer alguns dos pontos de interesse/turísticos da região, passamos por baixo de uma ponte romana, conhecemos um moinho antigo, já para não falar das paisagens magníficas que vimos.

Sem dúvida uma experiencia a repetir, confesso que mesmo para quem não sabe nadar não tem de ter qualquer problema, falo por experiência própria. Se gostam de desportos radicais, natureza e de se superarem, não devem deixar de experimentar esta atividade.



Apesar de teremos feito esta viagem em finais de junho, temos de salientar que infelizmente/felizmente, fizemos esta atividade com o tempo de chuva/nublado. Felizmente porque não sentimos tanto o choque térmico, infelizmente porque não nos permitiu aproveitar tanto das paisagens maravilhosas que íamos tendo ao longo do rio.

Não podemos deixar de destacar a simpatia e profissionalismo do instrutor Hélder. Sempre disponível, atencioso e profissional.

Esta atividade foi realizada pelo parque de campismo de Lamas de Mouro,   que além do canyoning tem outras atividades como: passeios pedestres, passeios de btt, visitas a cascatas, saltos pendular, paintball e outras mais:   www.montesdelaboreiro.pt/old/atividades.html 




Conselhos…

Se quiserem fazer esta viagem aconselhamos que levem roupa desportiva, ideal para caminhadas, ténis, roupa larga/confortável.
Se usarem google maps, descarreguem os mapas para modo offline, porque em Castro Laboreiro é muito comum ficar-se sem rede.

Em suma, Castro Laboreiro é sem qualquer dúvida um local onde queremos voltar com mais tempo. Não só para visitar todos os monumentos que não conseguimos visitar, como talvez para fazer o nível seguinte de canyoning, e sem dúvida alguma para voltar a comer no Restaurante Miradouro Castelo, falaremos dele em breve. 
Li & Mar

Posts Relacionados

0 comentários